domingo, 24 de março de 2019

VIAGEM ÀS ORIGENS…




Nesta noite que findou

viajei entre as estrelas,

percorri mundos esquecidos

na memória…



Quem me levou nesta viagem, não sei…



Não sei, nem sequer importa…



O que importa

é que desta viagem às minhas origens cósmicas,

ficou a mensagem…



E agora, mesmo desperta,

o seu eco continua a ressoar

nos meus ouvidos,

na minha mente…



“Aprender não é ficar preso no passado,

Aprender

é ligar passado e presente

e continuar…”



E fico-me a escutá-la no silêncio,

a mantê-la viva

e presente

a cada momento…



De Maria La-Salete Sá (15/01/2019)


É SEMPRE TEMPO DE RECOMEÇAR


Ontem foi ontem,
o dia acabou...
O que fiz, o que fizeste
já foi...
já lá ficou.

Hoje...
Hoje é hoje,
novo dia começou.
O que fizer, o que fizeres
cá ficará
e germinará.

Agora é o momento
do ontem,
do hoje,
do sempre...

E tudo o que fiz,
tudo o que fizeste,
tudo o que faço,
tudo o que fizeres,
tudo o que farei,
tudo o que farás...

... neste agora de
todo o sempre
será fruto, seiva, semente...

...porque
no agora
de todo o sempre

é sempre tempo de...
morrer e renascer,
tempo de mudar,
tempo de continuar
a Ser...

... sempre tempo de recomeçar.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

SENZA - Praia da Independência



Este grupo estará no próximo sábado na nossa Poesia em Folhas de Chá, na Granja, no bar do Jô, American Club da Granja!

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

TRÊS REIS MAGOS

Eram magos, três reis magos,
feiticeiros de paz e ternura,
traziam em si a candura
do amor puro e sereno.
Viajavam sem riquezas,
sem séquito, sem arrogância,
traziam tão só a esperança
de ao destino chegar.
Da Pérsia, rei Melchior,
Levou somente o coração,
sem dúvida o mais belo tesouro,
que em alquimia de amor
transformou em puro ouro.
Da Índia saiu Gaspar,
que ao cadinho juntou
umas gotas de harmonia…
pois também queria ofertar
o melhor que em seu reino havia.
Logo, vindo lá das arábias
Um rei negro se apresentou:
Rei das Arábias, Baltazar,
Permiti que a vós me junte
Nesta demanda de amor.
E ao composto juntou mirra
em pequeníssimas porções…,
uma mezinha apetecida,
cura para todos os males
que endurecem corações.
Fez-se então a alquimia,
A total transformação
E ao rei criança levaram
O que de melhor a vida tem:
Deram seus corações,
Plenos de luz e amor
Ao menino Redentor
De Maria La-Salete Sá
.
(imagem da net)